sábado, 7 de julho de 2007

Pipas


Uma pipa caiu hoje no meu quintal
E chorei por todas as pipas que foram cortadas e caíram desgovernadas
Tive certeza da fragilidade que é viver
E mesmo com "ceról" do início ao fim da linha condutora da pipa-sonho
Percebi que é inevitável que esse fio se rompa
Levando com o vento meus ideais que tanto amo.

Danilo Castro
07.07.2007

Nenhum comentário: