domingo, 20 de abril de 2008

Entrelinhas

Alfabeto da Libras (Língua Brasileira de sinais)
Depois de um texto banal (As Infalíveis), algo mais profundo paira sobre os horizones da mente intelectofútil que possuo. Algo que mexe comigo, envolve-me a um mundo de diferenças igualitárias. Paradoxal, não é? Mas essa é a real, temos que encarar as diferenças como se elas não fossem incomuns, aliás, elas são evidentes o bastante para que as notemos, entretanto, ignoramos o mundo dos deficientes simplesmente por não sermos parte desse conjunto.
Hoje tenho plena consciência de que os deficientes necessitam da nossa ajuda e do nosso reconhecimento, pois não é fácil encarar as dificuldades físicas e psicológicas a qual eles estão submetidos, nem mesmo encarar o preconceito que eles sofrem todos os dias.
Faltam rampas nas ruas, escolas, shoppings, faltam pessoas que conheçam a Libras (Língua Brasileira de Sinais) nos hospitais, restaurantes, instituições públicas e particulares, falta gente educada ao ponto de facilitar um cego a chegar ao seu destino, entre tantas outras carências que só existem porque só olhamos pra ponta do nosso nariz, focamos apenas um obejtivo e esquecemos da nossa visão periférica, do campo que fica à parte, na penumbra.
Semana passada, uma cearense, Vanessa Vidal, foi eleita a segunda mulher mais bela no concurso Miss Brasil. Menina batalhadora, surda e tão merecedora do título pela sua beleza quanto muitas outras belas que estavam lá. Torci, vibrei para que ela ganhasse a condecoração, pois ela é, de fato, uma representante da beleza cearense. Muitas outras meninas estavam também deslumbrantes, por isso, não imaginava que ela fosse chegar tão longe.

Então, mais uma vez indagações pairaram na minha mente, pois vi, quase que claramente, que havia um favoritismo simplesmente por ela ser deficiente, então, ela foi ganhando "status" sem, talvez, merecer tanto. Claro que fico feliz pelo título conquistado e sei que é importantíssimo para a classe surda cearense e brasileira o reconhecimento da surdez, mas fico infeliz por saber que nesse caso, pode ser que a deficiência tenha sido tratada como algo superior e sendo assim, creio que ela tenha quase vencido simplemente por causa dos jurados que podem ter tentado confortar, ou abrandar o fato de ela ser surda.

Não sei se consigo ser claro nas minhas afirmações, mas estou analisando de uma maneira totalmente não preconceituosa e creio que deficiente ou não, ninguém deve ficar num patamar superior, pois, todos temos os mesmos direitos, por mais que possa ser utópico, devemos lutar por uma sociedade igualitária, onde as diferenças não fazem diferença nem supervalorizam preconceituosamente os excluídos pela sociedade, pois todos nós, independente de qualquer coisa, somos iguais.

Parabéns, Vanessa, por levantar a bandeira da deficiência através da sua beleza, a fim de tornar todos os brasileiros conscientes de que temos que atentar para quem está ao nosso redor, pois deficientes ou não,
somos todos iguais!
Conheça mais sobre Vanessa Vidal e sobre o Concurso Miss Brasil 2008 no link abaixo.

6 comentários:

lila disse...

adorei a "mente intelectofútil"..hauahauahu, afinal, todo mundo tem o seu lado intelectofútil né?
ai ai, detesto essas pessoas q não sabem lidar com as diferenças, é muito ruim saber q o preconceito está embutido nas menores ações do nosso dia...e as vezes nem nos damos conta disso né? um xero moço \o/

Wander Veroni disse...

Tb confeso q torci pela Mis Cearense, não pelo fato dela ser deficiente auditivo, mas por ser, na minha humilde opinião, a mais bela do Concurso.

Mto legal o seu blog!

Abraço,

=]

Zero disse...

Concordo com a sua mente intelectofútil!^^
haiuhaiohaiohaiohaiohaihiaohiahiahihaiohaiohaiohai

isso seria como os estadosunidenses fazem com os negros. como as cotas brasileiras para negros, como o caixa preferencial (no caso de casas bancárias com cadeiras felpudas), como o jean do big brother brasil num sei das quantas, como tantas outras coisas, que dão preferencias a deficientes, gays, negros e todo o povo que sofre qq tipo de preconceito que eu ainda não entendo por que...

ah! valew a visita!!!^^

publicitário?! haohaohovc é engraçado...xD

Abração!

KamilaSidney disse...

tbm adorei a 'mente intelectofutil' ;p
e acho que a cearense deveria ter sido eleita a miss brasil, pela sua beleza mesmo. acho ela linda!

xôôÔ preconceito!

beiijo ;*

Akinol disse...

See Please Here

Larissa Cândido disse...

"Todos iguais, todos iguais..."
(Aquela músiquinha, sabe? Lembrei... rs!)
Eu sei fazer meu nome! Eu sei fazer meu nome! Depois eu aprendo o teu!!!! \o/

Te amo Horroroso!!!!!!
:***