terça-feira, 25 de maio de 2010

Canja de Galinha

Foto: Google Imagens


...Caminharei. À passos de centopéia, caminharei incólume. E quando meus rastros desfalecerem com a força do vento, voltarei lentamente a cabeça para o que ficou, sorrirei um leve riso de canto de boca, marejarei os olhos e seguirei antes que as portas do infinito se fechem. Não existirá peso de sombra alguma sobre mim. Alguns poucos enxergarão minha ida. Estes, felizes, acenaram-me até que não haja mais nem a silhueta dos restos que se despedem em forma de mim. Quando absolutamente sozinho estiver, caminharei para uma eternidade que não existe além das minhas próprias fronteiras e lá, onde não se sabe o que é início ou fim, surgirá um espelho que refletirá um homem velho e esguio, que levantará calmamente as pestanas e sorrirá o meu riso infante perdido outrora. Caminharei, o espelho partir-se-á em mil pedaços, a luz me ofuscará noutros mil feixes luminosos até que a cegueira branca me acometa. Ainda assim, sem rumo, continuarei. As cortinas cairão das alturas e o barulho horrendo dos aplausos vazios não será suficientemente forte. Nada poderá me acordar das verdades irreais que o destino desvendou sob meus pés.
Caminharei.
Ca-mi-nha-rei
C-a-m-i-n-h-a-R-e-i...






D-a-n-i-l-o C-a-s-t-r-o
04.02.2010

11 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

Danilo, estou de passagem [rápida]na net, afinal é congresso no meu palco e isto consome de forma gritante. Mas, é impossível não registrar o quanto é brilhante o que acabo de ler. Pensei, aos meus 28 anos, saber o que é definição, só que diante do que nado por aqui, ultrapassa qualquer definir, pois promoves muita reflexão e um sabor incomum. Há muitas partes no teu post que se encaixam com precisão ao meu âmago, assim como uma frase que li no Debaixo das Asas: Você nunca mais cantou... Pois deixei de cantar, por algo que perdi, tudo por uma entrada que permiti, que me despertara para adentrar no certo [o inteiro] e não duvidoso. Sabes, é anúncio de semana corrida e muito aprendizagem , e de minha vestimenta ser renovada, mas admito me causa um frio na barriga, só que tenho que mergulhar para ser marcada com este tempero no meu prato. À entrada, claro, com o pensamento em linhas, pois há dias a ficha caiu de que sai do trilho do início, [e as portas do infinito contemplava fechadas]. Após, assistir um filme, retratando toda a história da mulher-menina que vos fala, e que não se atreve citar qual, pois senti-se despreparada para o quebra de silêncio. A palavra 'caminhar' entrou em cena. E lá brandou uma pergunta: -Vamos novamente 'caminhar' Priscila? E disse com voz trêmula: -Caminharei sim! O choque visual e auditivo, trilha sonora, trouxe muitas lágrimas, e a base que foi removida, porque deixei perder, jubilosa, chamou-me outra vez com grande aquecer. É difícil quando se perde o coração no laço da ilusão, ainda mais quando a ilusão se torna tão convincente; enraiza de forma que todo idealismo e personalidade vai se definhando e ser fica a pele e osso. Bem, vou parando por hora, preciso dormir, afinal o dia será cheio amanhã.

Deliciosos são seus post's, parabéns por tudo que oferta ao leitor.

Abraços,

Priscila Cáliga

Danilo Castro disse...

Priscila,

Pois que, destemidos, caminhemos às portas do infinito...

Fiquei curioso para saber qual filme te conectou ao meu texto.

Obrigado por tudo que oferta em meu blog.


Danilo Castro.

O Espelho de Eva disse...

Espero que seu caminhar seja infinito. E que suas descobertas e bem aventuranças grandes. Bons ventos lhe soprem a cara. Beijos.

Canteiro Pessoal disse...

Danilo,

vamos alçar vôo ao infinito? Caminhar o trilho, mesmo que estreito, [às] portas milagrosas que o dono do infinito rege de forma brilhante e não percebemos, por assumirmos um olhar de cegueira.

Já, ao filme, a curiosidade ficará no ar, afinal é essencial, pois meus olhos estão em preparo. As páginas que se abrem em cada sílaba, 'sulco macio das vogais, num breve obstáculo de consoantes', em que os dedos não possam absorver receio, até chegar ao fundo dos sentidos.

Sobre a oferta que citas, como disse um ser especial: 'que os vasos se comuniquem!'

Abraços1

Priscila Cáliga

GM disse...

Danilo

Putz cara que post fantástico, caminharei mesmo que meus pés estejam doendo, caminharei.....

Danilo, perdi meu antigo Blog Momentos Compartilhados numa burrice, contudo recuperei o endereço mas não os seguidores. Gostaria muito que você desse um pulinho lá para me seguir e eu conseguir reconstruir com todos os meus amigos virtuais que tanto gosto.

Abs

Gilson

Thiago Ya'agob disse...

Oi, Danilo.

Você me fez refletir, e muito, sobre esse escrito: Caminharei.
Tomo a liberdade. Há muito de sua alma nele. De sonhos vistos; enxergados; contemplados... Caminhar.

Sabe, até mesmo os aplausos vazios nos impele à caminhar – que o som vago e mudo desses bater de mãos não ofusque o seu visionar, meu amigo. Tu te és maior, melhor que a rejeição.

Saudades.

(...)

Querido, no sábado, 27, pude assistir ao filme que me indicastes: A cor do paraíso.
Lindo em simplicidade. Cheio de poesia. Duas cenas me falaram (e muito): a primeira – quando o menino auxilia o pássaro ferido (maravilhoso); a segunda – quando o menino questiona a existência de Deus (cheguei a me arrepiar). Sem falar que o inicio do filme é muito tocante: tudo preto.

A figura materna no filme, no caso (vó+terna) é tão confortante. Gostei muito.

Quero agradecer sua sugestão e quando quiser, sinta-se convidado a me ofertar mais dicas como esta.
Meu abraço, sempre.

Paty disse...

Ficou um texto lindo! Aposto que, se estivesse na TPM... eu teria chorado! Outra coisa: as frases da Clarice espalhadas aqui pelo teu blog são fantásticas! Como fã dela, fiquei encantada de vê-las por aqui, e até mesmo com a foto - pelo menos essa aqui do blog eu ainda não tinha visto.

Fui uns dias a Fortaleza, há alguns anos, e me apaixonei de vez pelo lugar e pelas pessoas. Fico contente sempre que encontro alguém de lá, ou melhor, daí :)

Até! :)

Suyanne Correia disse...

é por isso também que sou tua fã!!!

Anônimo disse...

This will astonish you!

ZEITGEIST: ADDENDUM

http://www.zeitgeistmovie.com/

Money as debt

http://www.youtube.com/watch?v=vVkFb26u9g8

project camelot magnetic motor

http://www.youtube.com/watch?v=hkgyY47duCM

AMAZING!!

OZONATED WATER: CURE ANYTHING!

http://www.stoptherobbery.com/

railer disse...

ei danilo, queria te contar que comecei a fazer teatro (desde fevereiro), mas só que teatro de improviso. tou adorando.
abraços!

Homero disse...

Nossa curti demais seu blog, quero um igual!! rsrs Parabéns!