terça-feira, 31 de julho de 2012

Aquele que já fui

Quando me olho aprisionado no tempo de uma fotografia, penso se o que se foi é aquilo que vivi ou se é aquilo que me relataram que vivi. Até onde eu me sou? Até onde alguém me construiu?





Nenhum comentário: